Coopercuc

English content

Criada em 2004, a Coopercuc é formada por 271 cooperados, em sua maioria mulheres, que produzem deliciosos doces e geleias a base de frutas nativas do sertão.

Através da linha Gravetero, a cooperativa comercializa seus produtos nos mercados mais sofisticados do Brasil e exporta para Itália, França e Áustria.

.Capa

17/04/2018

Coopercuc abre inscrições para concursos culturais do 10º Festival do Umbu

O espaço para manifestações artísticas durante o 10º Festival do Umbu está aberto para os/as artistas da região. Serão realizados os Concursos Culturais de Pintura em Tela e Literatura de Cordel e os/as interessados (as) podem se inscrever gratuitamente até o dia 25 de abril. Nesse momento de celebração das cores e formas do nosso semiárido, as obras servirão como ferramentas para difusão da agricultura familiar e da economia solidária, através do tema “Alimentação e Sustentabilidade”. Leia mais »

Conteúdo Relacionado: .Capa, .Editais

9/03/2018

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 01/2018

Edital de Convocação 01-2018

A presidente da Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá
(COOPERCUC), inscrita sob o CNPJ 07.081.322/0001-51, cumprindo o que rege o
estatuto social da entidade, Capítulo X, Art. 32, expede a convocação aos (as) 271
cooperados (as) para participar da “Assembleia Geral Ordinária”, que se realizará em
22 de Março de 2018, no CENTRO PAROQUIAL, Praça São João Batista, Uauá/Bahia,
devido à sede social não comportar o elevado número de sócios (as). Leia mais »

Conteúdo Relacionado: .Capa, .Editais, Agricultura familiar, Geral, Tema

21/12/2017

Cooperativa do semiárido baiano expande produção com apoio do fundo agrícola da ONU


Usina da COOPERCUC consegue processar 500 kg de fruta por dia. Foto: FIDA/Juan Cortes Carrasbal

Há mais de uma década, mulheres do semiárido baiano decidiram liderar uma associação de cultivo de frutos silvestres, como o umbu, o maracujá e a goiaba. Hoje, a Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (COOPERCUC) vende anualmente 280 mil dólares em produtos comercializados mundo afora. Iniciativa recebeu apoio do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola das Nações Unidas (FIDA). Leia mais »

28/04/2017

Geração de renda a partir da alimentação saudável desperta atenção de participantes do 9º Festival do Umbu

No segundo e último dia do Festival do Umbu, que acontece em Uauá desde ontem (28), as/os participantes puderem discutir temas de relevância para a promoção de uma produção integrada e apropriada ao Semiárido. Dois painéis atraíram a atenção do público ao abordar as temáticas “Desafios da sustentabilidade Alimentar” e “Caprinocultura de leite: entraves, desafios e organização”. Leia mais »

28/04/2017

Coopercuc realiza abertura do Festival do Umbu e celebra a força da Agricultura Familiar do Semiárido

A Praça São João Batista, em Uauá, ganhou mais vida na manhã desta sexta-feira (28), com a abertura oficial da 9ª Edição do Festival do Umbu, que reuniu agricultores/as familiares, representantes do governo estadual, dos municípios da região, associações, cooperativas, estudantes e empreendimentos de diversas regiões do Semiárido e público em geral.

O Festival do Umbu é um tradicional evento que busca promover a agricultura familiar e a economia solidária e é organizado pela Cooperativa Agropecuária Familiar de Curaçá, Uauá e Canudos – Coopercuc. “O Festival é um espaço de construção de políticas públicas”, pontuou Denise Cardoso, presidenta da cooperativa, durante a saudação de abertura. Ela ainda afirma que a realização do Festival também é uma forma de defender a agricultura familiar e lutar pelo direito dos/as agricultores/as que reafirmam que o Semiárido é um lugar viável para viver.

Para Lindomar Dantas, prefeito de Uauá, o Festival é de grande importância para o município e para agricultura familiar, pois o evento é um espaço para demonstrar de forma concreta as potencialidades da região e de todo Semiárido. Seguindo essa mesma perspectiva, Cícero Felix, representante da Articulação do Semiárido brasileiro – Asa, afirma que “O festival do Umbu é importante para todo Semiárido, porque chama atenção de toda região e dar visibilidade a esse bioma [Caatinga] que é tão importante”.

Durante a abertura, o Padre José Alberto Gonçalves, de Canudos, relembrou que a Coopercuc nasceu do processo de organização das comunidades dos três municípios: Uauá, Canudos e Curaçá. A Deputada Estadual, Fátima Nunes (PT), também relembrou as mulheres e homens que iniciaram a história da cooperativa e pontuou que mesmo nesse cenário político o seu trabalho de governo está a favor do povo, “Nosso projeto de Semiárido vivo, com uma cadeia produtiva integrada vai continuar cada vez mais forte”, afirma Fátima.

A mesa de abertura ainda contou com a participação do prefeito de Curaçá e Canudos,  representantes do Pró-Semiárido, do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional – Consea Bahia, entre outras entidades e organizações que apoiam o Festival do Umbu. A programação do evento segue até amanhã (29), com visitação a stands de exposição e comercialização de produtos de diversos grupos do Semiárido, painéis de discussões e apresentações culturais.

A 9ª edição do Festival do Umbu é organizada pela Coopercuc e conta com o apoio do Governo do estado da Bahia, das prefeituras de Uauá, Canudos e Curaçá e de organizações sociais parceiras.

Conteúdo Relacionado: .Capa, Feiras e eventos, Festival do Umbu, Geral

Próxima página »

Cadastre seu email e receba as novidades do nosso site:

Gilberto Gil: "O SERTÃO É COMO UMBU, DOCE QUANDO TEM QUE SER DOCE E AZEDO QUANDO TEM QUE SER AZEDO"

DoDesign-s Design & Marketing