Coopercuc

English content

Criada em 2004, a Coopercuc é formada por 271 cooperados, em sua maioria mulheres, que produzem deliciosos doces e geleias a base de frutas nativas do sertão.

Através da linha Gravetero, a cooperativa comercializa seus produtos nos mercados mais sofisticados do Brasil e exporta para Itália, França e Áustria.

Feiras e eventos

25/10/2018

Agricultoras atendidas pelo Projeto ATER/Sustentabilidade da Coopercuc participam de Simpósio de Agroecologia

A Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), através do Projeto ATER/Sustentabilidade da BAHIATER/SDR do Governo do Estado da Bahia, reuniu 20 mulheres atendidas pela cooperativa para viverem um momento especial de aprendizado e troca de experiências. As agricultoras foram convidadas para participarem do IV Simpósio de Agroecologia, que está sendo realizado no Campus XXII da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), na cidade de Euclides da Cunha.

O encontro teve início na quarta-feira (24) e segue até esta sexta-feira (26) com diversas atividades como palestras, feira de agricultores, minicursos e mesas redondas. O Coordenador do Setor de ATER/Sustentabilidade da Coopercuc, Wendeell Pereira, destacou a importância da promoção deste intercâmbio.

“A Coopercuc e o Projeto ATER/Sustentabilidade prezam pelo empoderamento feminino das mulheres do campo, e pensando nesse ponto que decidimos proporcionar para essas mulheres das comunidades dos municípios de Canudos, Uauá e Curaçá, cidades que atuamos, um momento como este, que permite que elas ampliem seus conhecimentos e compartilhem experiências. O objetivo é que elas se tornem multiplicadoras em suas respectivas localidades”, afirmou Wendell.

Ascom-Coopercuc

Conteúdo Relacionado: .Notícias, ATER, Feiras e eventos, Geral

25/09/2018

Coopercuc participa de evento gastronômico na Itália

A Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc) mais uma vez rompeu as fronteiras do Brasil e desta vez foi para a cidade de Turim, na Itália, levar as riquezas dos produtos da caatinga e suas experiências no desenvolvimento do trabalho com a agricultura familiar. Representada pela presidenta, Denise Cardoso, a Coopercuc participou do encontro internacional Terra Madre-Salón del Gusto, evento realizado pela Slow Food, entre os dias 20 e 24, com o tema “Food for change” (alimentos para a mudança).

Em sua 12ª edição, o evento contou com a participação de aproximadamente 160 países, reunindo cerca de 7 mil delegados adeptos à rede Slow Food, movimento que prioriza alimentos gerados de forma artesanal, produzidos através de processos que garantem a preservação ambiental, o preço justo, a economia solidária, a sustentabilidade e o respeito aos agricultores.

Durante o encontro, Denise foi uma das integrantes de uma mesa que discutiu a temática da alimentação escolar.  Ela fez uma apresentação sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e compartilhou das experiencias da Coopercuc em relação a alimentação escolar no Brasil.

“É uma satisfação ter a Coopercuc mais uma vez participando do Terra Madre-Salón del Gusto, onde viemos representando a fortaleza do umbu, pois somos uma das primeiras fortalezas da Bahia, representando o umbu da caatinga. Isso possibilita a gente conhecer e experimentar a questão dos alimentos saudáveis do mundo e também trazer a nossa experiência enquanto Coopercuc pra este espaço importante de construção coletiva em torno do alimento bom, justo e saudável para outras pessoas. Então isso é muito importante para a nossa cooperativa nesse sentindo. Participamos junto com outras cooperativas da Bahia, contando com o apoio do Governo do Estado, que a gente agradece mais uma vez pelo apoio, e tudo isso faz com que a gente fortaleça o trabalho do cooperativismo na Bahia”, destacou a presidenta.

Fundada oficialmente no ano de 2004, a  Coopercuc tem sua sede localizada no município de Uauá-BA, cerca de 420 km da capital Salvador. A cooperativa conta com 271 cooperados(as) e chega a movimentar cerca de R$ 1, 5 milhão com a comercialização de produtos. No mix de produtos ofertados estão doces, geleias, sucos, a famosa Cerveja Saison (cerveja de Umbu) e o Chopp de Umbu.

Conteúdo Relacionado: .Capa, .Notícias, Feiras e eventos, Geral

1/06/2018

Coopercuc terá produtos expostos na NaturalTech 2018

 

A Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc) será uma das representantes da Agricultura Familiar na Bio Brazil Fair– NaturalTech 2018, uma feira de caráter internacional,especializada nos segmentos de alimentação, saúde e beleza. O evento acontecerá entre os dias 6 e 9 de junho, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

Segundo a presidenta da Coopercuc, Denise Cardoso, a participação na NaturalTech reafirma o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela a instituição no fortalecimento da agricultura familiar, além de também ser mais uma importante oportunidade para a divulgação e comercialização dos produtos da cooperativa.

“Nós da Coopercuc estamos muito contentes em poder participar de um evento dessa magnitude que é a Natural Tech. Será uma belíssima oportunidade, uma grande experiência para instituições do setor e o público em geral, que poderão conhecer de perto nossos produtos, divulgar ainda mais o lindo trabalho realizado pelos nossos cooperados e cooperadas, e realizar contratos comerciais. Além disso, outro ponto importante, é que também vamos ter a oportunidade de visitar nossos clientes em São Paulo e recebe-los em nosso estande. Então, com certeza será uma feira maravilhosa e nós da Coopercuc estamos orgulhosos em poder fazer parte”, comemorou Denise.

Durante a feira, a Coopercuc estará expondo seus deliciosos produtos orgânicos como doce de corte de umbu, geleia de umbu, geleia de maracujá da caatinga, compota e doce cremoso de umbu, Cerveja Saison de Umbu e outros produtos orgânicos de qualidade.

A participação da cooperativa no evento acontece por meio do Projeto Bahia Produtiva, através da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR/ SDR), com o apoio do Grupo Banco Mundial. O estande estará localizado na Rua 01 a A/B, próximo da entrada da feira, das 11h às 20h.

 

Ascom-Coopercuc

 

Conteúdo Relacionado: .Capa, .Notícias, Feiras e eventos, Geral

28/04/2017

Coopercuc realiza abertura do Festival do Umbu e celebra a força da Agricultura Familiar do Semiárido

A Praça São João Batista, em Uauá, ganhou mais vida na manhã desta sexta-feira (28), com a abertura oficial da 9ª Edição do Festival do Umbu, que reuniu agricultores/as familiares, representantes do governo estadual, dos municípios da região, associações, cooperativas, estudantes e empreendimentos de diversas regiões do Semiárido e público em geral.

O Festival do Umbu é um tradicional evento que busca promover a agricultura familiar e a economia solidária e é organizado pela Cooperativa Agropecuária Familiar de Curaçá, Uauá e Canudos – Coopercuc. “O Festival é um espaço de construção de políticas públicas”, pontuou Denise Cardoso, presidenta da cooperativa, durante a saudação de abertura. Ela ainda afirma que a realização do Festival também é uma forma de defender a agricultura familiar e lutar pelo direito dos/as agricultores/as que reafirmam que o Semiárido é um lugar viável para viver.

Para Lindomar Dantas, prefeito de Uauá, o Festival é de grande importância para o município e para agricultura familiar, pois o evento é um espaço para demonstrar de forma concreta as potencialidades da região e de todo Semiárido. Seguindo essa mesma perspectiva, Cícero Felix, representante da Articulação do Semiárido brasileiro – Asa, afirma que “O festival do Umbu é importante para todo Semiárido, porque chama atenção de toda região e dar visibilidade a esse bioma [Caatinga] que é tão importante”.

Durante a abertura, o Padre José Alberto Gonçalves, de Canudos, relembrou que a Coopercuc nasceu do processo de organização das comunidades dos três municípios: Uauá, Canudos e Curaçá. A Deputada Estadual, Fátima Nunes (PT), também relembrou as mulheres e homens que iniciaram a história da cooperativa e pontuou que mesmo nesse cenário político o seu trabalho de governo está a favor do povo, “Nosso projeto de Semiárido vivo, com uma cadeia produtiva integrada vai continuar cada vez mais forte”, afirma Fátima.

A mesa de abertura ainda contou com a participação do prefeito de Curaçá e Canudos,  representantes do Pró-Semiárido, do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional – Consea Bahia, entre outras entidades e organizações que apoiam o Festival do Umbu. A programação do evento segue até amanhã (29), com visitação a stands de exposição e comercialização de produtos de diversos grupos do Semiárido, painéis de discussões e apresentações culturais.

A 9ª edição do Festival do Umbu é organizada pela Coopercuc e conta com o apoio do Governo do estado da Bahia, das prefeituras de Uauá, Canudos e Curaçá e de organizações sociais parceiras.

Conteúdo Relacionado: .Capa, Feiras e eventos, Festival do Umbu, Geral

24/04/2017

Programação do 9º Festival do Umbu evidencia a Integração dos sistemas produtivos

Nesta sexta-feira (28), a partir das 10h, acontecerá a abertura da 9ª Edição do Festival do Umbu, realizado pela Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (COOPERCUC). O Festival, que esse ano tem como tema “Integração dos sistemas produtivos no Semiárido”, encerra dia 29 de abril e toda sua programação acontecerá na Praça São João Batista, no centro da cidade de Uauá (BA).

Agricultoras/es, estudantes, expositores/as, organizações parceiras e demais convidados/as irão participar de painéis de discussões, visitação aos stands de comercialização de produtos de diversos grupos do Semiárido, degustação gastronômica, além de  apresentações culturais. Essas atividades acontecerão entre 9h e 21h, sendo sempre encerrada com atrações culturais em palco na referida praça.

As temáticas dos painéis de discussão foram pensadas para dialogar com o tema do festival e com as atividades desenvolvidas pelas comunidades e famílias que acreditaram e passaram a vivenciar na prática a proposta de Convivência com Semiárido. “Mandiocultura: entraves desafios e organização”, “Mercado institucional PAA e PNAE: políticas públicas para a agricultura familiar” e “ Tecnologia de produção para fruticultura de sequeiro”, são alguns dos temas.

De acordo com Denise Cardoso, presidenta da COOPERCUC, os painéis tem como objetivo “enriquecer a discussão em torno da diversificação dos sistemas produtivos e também mostrar para as pessoas a importância da agricultura familiar em suas diferentes atividades”. Para dialogar sobre as potencialidades e os desafios da agricultura familiar, o festival contará com participação da Embrapa, IRPAA, Superintendência de Agricultura Familiar – SUAF  entre outros/as parceiros/as.

Ao longo dos dias, haverá também uma vasta programação cultural, com destaque para grupos populares regionais de música, o reisado do grupo Cultura e Diversidade, de Monte Santo (BA), o grupo Brincantes da Rua de Baixo – RDB’, formado por crianças de Curaçá  (BA) e outros artistas locais.  Nos stands de exposição e comercialização de produtos oriundos da agricultura familiar, os/ as visitantes poderão conhecer os saberes e sabores de aproximadamente 40 empreendimentos do Semiárido.

Esse ano, o Festival tem como novidade o Armazém da Agricultura Familiar, espaço que irá apresentar a Central da Caatinga, uma organização que reúne 10 cooperativas que trabalham com produtos de base familiar e com a economia solidária.  A Central desenvolve um trabalho em rede, preocupado com a agregação de valor aos produtos e a preservação do meio ambiente.

A 9ª edição do Festival do Umbu é organizada pela COOPERCUC e conta com o apoio do Governo do estado da Bahia, das prefeituras de Uauá, Canudos e Curaçá e de organizações sociais parceiras.

PROGRAMACAO_WEB(1)

AsCom Agência Chocalho

Próxima página »

Cadastre seu email e receba as novidades do nosso site:

Gilberto Gil: "O SERTÃO É COMO UMBU, DOCE QUANDO TEM QUE SER DOCE E AZEDO QUANDO TEM QUE SER AZEDO"

DoDesign-s Design & Marketing